Carpe, o que????

Sempre achei lindo o significado de Carpe Diem. Aprendi no colégio que essa expressão estranha significava “aproveite o dia”, “colha o dia”, não se preocupe com o futuro. Na época eu entrei na comunidade do Orkut e até tenho uma camiseta que carrega a célebre expressão, vinda de uma poesia de Horácio e de algo chamado epicurismo, que tínhamos que decorar para a prova de literatura (eu era realmente boa em literatura).

Aí você cresce, amadurece e pensa: porque eu iria levar essa maldita expressão a sério? Aproveite o dia? Aproveite o dia, mesmo sabendo que você pode ser demitida, por exemplo? Ou, viva o hoje, se você tem na cabeça que aquela promoção do trabalho pode ser sua só ano que vem?

Quando dá tudo errado e você só quer que o dia exploda, onde fica o carpe diem? Como você vive o presente se programou uma baita viagem para o fim do ano? E como viver o dia maçante de trabalho quando você só pensa no fim de semana?

Como crescer endurece a pessoa, né? Tem quem diga que é impossível aproveitar o momento até num relacionamento, afinal, você quer saber no que isso tudo vai dar. Se vocês vão casar, ter filhos, se aquela pessoa que está ao seu lado vai ter algo realmente útil a te oferecer no futuro ou, pior que isso, se a pessoa que está ao seu lado vai te querer no futuro.

Quando você é criança ou adolescente, o carpe diem parece simples, bacana, cheio de cores brilhantes e aí você vai crescendo, percebendo que as coisas são complicadas, que a cada dia você tem que lutar contra questionamentos, problemas, chefes idiotas e metrôs lotados. E é aí que você para e pensa no professor Keating (o Robin Williams, lembram?) no filme “A sociedade dos Poetas Mortos” falando para seus meninos: “Mas se você escutar bem de perto, você pode ouvi-los sussurrar o seu legado. Vá em frente, abaixe-se. Escute, está ouvindo? – Carpe – ouve? – Carpe, carpe diem, colham o dia garotos, tornem extraordinárias as suas vidas.”.

E sabe o que quer dizer isso? Que o Carpe Diem continua fazendo todo sentido do mundo. Plante sucesso profissional, plante amor da sua família, do seu namorado, dos seus amigos (e isso você faz no dia a dia, com paciência) e espere, sim, a viagem de fim de ano, a promoção no trabalho, a demissão que abre portas e o reconhecimento daqueles que te amam.

Em algum momento, pode ser um fim de semana, 10 dias ou uma vida inteira, você vai saber muito bem como aproveitar o momento que você plantou e cuidou durante tanto tempo. E aí, é só aproveitar cada segundo. Carpe Diem!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s