Sem registro

Você já tentou tirar uma foto da Lua? Sabe aquela noite que você olha pra cima porque percebe que as coisas estão mais claras, a escuridão brilha e que tem algo no ar que te faz mais feliz? Aí lá está ela, a Lua cheia.

Inúmeras vezes eu estive nessa situação e tentei eternizar aquele momento. Ontem mesmo, estava caminhando, na noite iluminada e vi uma menina, parada, tentando tirar uma foto daquela bola gigante que te deixa mais animada só por estar lá. Quase parei pra avisar que a imagem não ia sair. A não ser que você tenha tinta e saiba pintar um quadro ou tenha feito um curso e esteja com a melhor câmera dos últimos tempos (afinal, eu escolhi uma foto e sei que  está bem bonitona ), a Lua simplesmente vai parecer um pontinho branco, meio borrado, no céu. E arrisco dizer que mesmo se você tiver pinceis ou uma câmera profissional, você não vai conseguir registrar aquela visão do jeito que ela REALMENTE é.

Sempre me frustrei com isso. Tenho um amor platônico pela Lua cheia. Já ouvi que através dela um casal apaixonado se comunica, que mãe e filha combinam de olhar para ela e pensar uma na outra quando estão separadas por muito tempo e outras tantas histórias bregas – mas lindas – sobre a Lua. E aí pensava: “mesmo com tanta paixão, ela não pode ser fotografada? Como assim?”

Hoje sei que a Lua representa aqueles momentos perfeitos que você vive e tem certeza que não vão sair da sua memória nunca mais. Pode ser uma paixão, uma noite de amor, uma viagem com aquela pessoa que você está conhecendo agora. Pode ser um almoço de família onde todos estão presentes, um sorriso do seu avô que já está velhinho, um salto de paraquedas ou o nascimento do seu primeiro filho. Um abraço do seu irmão,  uma viagem com seus pais para aquele lugar que vocês amam e tantos outros…

Momentos que mesmo registrados através de fotos, textos, músicas e cheiros, só serão lembrados exatamente como foram na memória de quem viveu. A Lua é assim, os melhores instantes da sua vida também. Você tem que viver, olhar, aproveitar cada segundo e só. A Lua cheia você sabe que vai voltar, mas a Lua cheia na praia, com uma pessoa especial, a Lua cheia num quarto no meio das montanhas e uma taça de vinho, a Lua cheia com sua família inteira, essas sim são mais difíceis de viver.

Então, quando você sabe que está presenciando aquele segundo perfeito, inesquecível, que até pode parecer bobo, mas é extremamente importante, esqueça da máquina, das pessoas em volta e até da Lua. Viva e guarde, na sua cabeça e no coração, cada detalhe de tudo aquilo. Esse sempre foi e sempre será o seu melhor registro e sua melhor lembrança…

Anúncios

6 comentários sobre “Sem registro

  1. Flavia disse:

    arrepiei e meus olhos encheram de lágrimas!!
    Acho q muitas vezes, mesmo na lembrança não conseguimos sentir a mesma emoção/sensação do momento (ou da lua).. mas de alguma forma fica registrado na alma!!!
    obrigada! beijo

  2. Titio disse:

    e eu adorei os almoços em familia, tambem gosto muito, ta na lista dos momentos perfeitos. adorei o texto, ta lindo. titio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s